Veja abaixo as principais diferença entre nozes e castanhas:

As Nozes

São um fruto de casca dura, em botânica, é um fruto seco com apenas uma semente (raramente duas) no qual a parede do ovário ou parte dela torna-se muito dura na maturidade.

As nozes têm geralmente um índice elevado do óleo, são um alimento e uma fonte de energia altamente apreciada. Um grande número de sementes são comestíveis por seres humanos e são usadas na arte culinária, comidas cruas, germinadas ou torradas, como um aperitivo ou em doçarias, ou ainda espremidas para lhe extrair o óleo que é usado na culinária e em cosméticos.

Segue alguns exemplos de Imagens de Nozes:

 

As castanhas

A castanha que comemos é, de facto, uma semente que surge no interior de um ouriço (o fruto do castanheiro). Mas, embora seja uma semente, como as nozes, tem muito menos gordura e muito mais amido (um hidrato de carbono), o que lhe dá outras possibilidades de uso na alimentação. As castanhas têm mesmo cerca do dobro da percentagem de amido das batatas. São também ricas em vitaminas C e B6 e uma boa fonte de potássio. Consideradas, atualmente, quase como uma “guloseima” de época, as castanhas, em outros tempos, constituíram um nutritivo complemento alimentar, substituindo o pão na ausência deste, quando os rigores e escassez do Inverno se instalavam. Cozidas, assadas ou transformadas em farinha, as castanhas sempre foram um alimento muito popular, cujo aproveitamento remonta à Pré-História.

Segue alguns exemplos de Imagens de Castanhas:

Como plantar a Castanha do Pará

Veja neste vídeo do Globo Rural e logo abaixo o descritivo de como plantar a Castanha do Pará ou Castanha do Brasil, ou como produzir a sua muda com todas as suas peculiaridades e cuidados a serem tomados.

O Engenheiro Agrônomo Urano de Carvalho (Pesquisador da Embrapa Amazônia Oriental de Belém do Pará) explica que o mais importante é utilizar uma castanha nova, sem secar e a posição certa do plantio é com a parte mais larga para baixo e a parte mais fina para cima, pois da parte mais fina sai a parte aérea da Castanha do Pará e da parte mais larga sai a raiz.

Posição de plantio

O substrato utilizado no plantio da Castanha do Pará deve ter metade de terra preta e metade de cama de aviario.

Berço da Castanha do Pará             cama de aviário

A amêndoa com a ponta fina virada para cima é colocada a 2cm de profundidade.

Castanha do Pará plantada

Com cerca de 90 dias 70% das sementes já germinaram. E após 4 meses ela já está em condições de ser plantada no seu local definitivo.

Castanha do Pará germinada

Na fase inicial de crescimento a Castanha do Pará gosta muito de sombra, o ideal é um viveiro coberto com cerca de 50% de intercepção da luz solar, e no primeiro ano após seu plantio definitivo é aconselhável ter algum tipo de sombreamento provisório.

Viveiro da Castanha do Pará             Viveiro da Castanha do Pará 2

A cova deve ter 40 x 40cm e 40cm de profundidade.

Medidas da Castanha do Pará

Na adubação vão 20 litros de esterco de curral curtido e 200g de superfosfato triplo evitando a exposição da muda ao sol no primeiro ano de vida. Aos 08 anos ela começa a produzir seus primeiros frutos e comercialmente a produção é a partir dos 10 anos

Castanheira         Coco da Castanha do pará

Lembrando que a Castanheira é uma árvore gigante que pode atingir até 50m de altura, não devendo plantá-la próximo de residências ou em locais com muito tráfego de pessoas pois seus cocos caem das árvores e pode machucar muito se cair na cabeça de alguém.

Caso tenha interesse na compra da Castanha do Pará para consumo próprio, veja todas as opções disponíveis de sabores e embalagens de nossa loja virtual acessando: Castanha do Pará – Dona Castanha 

Página 2 de 212